InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 O Subrenatural [Parte 4]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Tiago Alexandre
Administrador
avatar

Mensagens : 44
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: O Subrenatural [Parte 4]   Ter Out 27, 2009 12:05 pm

Parte quatro:

RUPTURAS NA REALIDADE


“O que me impede de filmar, fotografar ou criar meios de detectar o sobrenatural?”

O problema da ciência com o sobrenatural não é o fato de que este é desconhecido, mas sim que é incompreensível. Quando um evento sobrenatural ocorre, ele literalmente desafia as leis da física, ruindo-as e reescrevendo-as temporariamente. Como um objeto que cai sobre um corpo aquoso plácido, a presença do sobrenatural forma ondas, que por sua vez criam eventos inesperados.

É por isso que, na presença de manifestações sobrenaturais, gravações, filmagens, fotos e outras provas são corrompidas, apresentando falhas: literalmente, por alguns instantes, a eletricidade não flui como esperado num circuito eletrônico, ou pequenas reações anômalas prejudicam processos químicos. A magnitude desses “ruídos” depende do evento que os causam: a simples presença de um ser sobrenatural em geral é insuficiente para torná-los notáveis. Quanto mais notável for o evento, porém, maior a intensidade da interferência. Logo, uma câmera pode sofrer pequenas falhas no som e na imagem captados diante de um vampiro manipulando mentes alheias, mas pode até mesmo sair do ar por alguns minutos durante uma invocação demoníaca.

Essas falhas tornam difícil a captura de imagens que não pareçam forjadas. Contudo, as coisas são mais complicadas ainda: não há como ligar essas falhas a nenhuma causa física. Alguns estudiosos do oculto podem teorizar que o sobrenatural provoca alguma forma de radiação ou energia, por exemplo, e tentam encontrar essa “radiação” a fim de criar uma maneira de detectar o sobrenatural. Na prática, contudo, essa detecção é impossível porque não há nenhuma radiação ou energia gerada: as interferências simplesmente ocorrem sem causa física aparente.

O mesmo se mostra verdadeiro quando se tenta analisar qualquer fenômeno paranormal: um psíquico telecinético pode mover objetos com o poder de sua mente, mas não há nenhuma energia manipulando o objeto; um demônio poderoso pode alterar o clima regional, a despeito de todo o sistema fechado que é a atmosfera terrestre; um espírito pode assumir forma física, assim criando matéria a partir de “nada” e violando as leis de conservação da física. Quando o fenômeno é interrompido, as leis naturais retomam o controle e retornam ao seu comportamento normal, dissipando quaisquer provas de que algo não-natural ocorrera ali.

Fonte: Underground Haven

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
O Subrenatural [Parte 4]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Kalayaan - A Liberdade em Tagalo - Parte I (Crônica Oficial)
» Vida Loka de Kayo Lend Parte 2
» 22º Treino (Parte 3/3) - Ankuko - Conhecimento Táctico Shinobi 3: Ninjutsu
» [[Treino 15]] Os rochedos parte 2 fim
» Tutor na parte da manhã..

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Outros Fenómenos :: Teorias Ciêntíficas sobre o Sobrenatural-
Ir para: